Assinar meu Livro de Visitas Ler meu Livro de Visitas

Resposta de LEO FALK

Beleza, Anna
Meus parabéns pelo sucesso e que o mesmo
se repita dia a dia nos próximos 100 anos.
Você merece.

Alguns, como eu, nem sempre podem estar
presentes no Poesia_e_art mas acredito que
todos que fazem parte daquele cantinho,
estão sempre na janela do amor com os
olhos pregados em todas as mensagens.

Se não há tempo para chegar a porta e
"bater um papo" sempre há tempo para
lá de cima, da janela,  dar uma alô carinhoso com as mãos
e enviar um beijo assoprado.
Beijos
Leo Falk

:: Postado por Poesia às 23h45
::
:: Enviar esta mensagem

RAYZA

Lágrimas Sofridas

Diógenes Davanzo

Lágrimas sentidas
Sentimento à flor da pele
Sofrimento com tamanha dor
Momentos de total amargura
Sentindo-se a pior das criaturas
Na noite se perde em total desespero
Um grito ecoa no silêncio da madrugada
Perdem-se as esperanças
De uma possível eterna aliança
Sofre-se como uma criança
Em eterno abandono
Sem qualquer controle
O desespero desenfreado
Torna-se cada vez mais frequente
Chorando o amor ausente
Tudo parece absurdo
Caminhando somente na direção contrária
Beirando quase à loucura
De mãos e pés atados
Deixando tudo de lado
Num breve momento final
Explosão no peito em seu próprio leito
Sofrer é seu único direito
Sofrer é seu defeito
Sofridas lágrimas ...
22.11.04
20h44

:: Postado por Poesia às 21h18
::
:: Enviar esta mensagem

JULIA SOUSA

 

Mulher

 

Tu eras o poeta,

eu era a musa inspiradora

Tu eras o cavaleiro andante,

eu era a dama que ansiosamente esperava pelo teu regresso;

Tu eras o operário,

eu era a mulher que zelava pelo teu conforto;

Tu eras o campeão,

eu era a tua fiel admiradora;

Tu eras tudo,

eu não era nada.

Revoltei-me,

parti para o meio da multidão,

quantas vezes escondendo o medo pela realidade da vida.

Desesperadamente,

lutei e venci,

e num alegre despertar,

mostrei ao mundo que eu era a mulher,

tu eras simplesmente o homem.

Juntos poderíamos caminhar na mesma direcção,

sem o preconceito de quem seria o primeiro a chegar,

sem o preconceito de quem seria o campeão.

 

Júlia Sousa

:: Postado por Poesia às 20h18
::
:: Enviar esta mensagem

MARCOS MILHAZES

DECASSÍLABO


Como posso achar nos alados
Ou
no vácuo minha expressão de carinho
Como desvendar o oculto de seus olhos
Como poderei capturar as gotas púrpuras,
que passeiam de sua alva face
Como e quando meu lenço saberá
da mágica hora..

O que direi para o meu relógio
Que as pontas de seus ponteiros
são derradeiras
Que ele apenas passe ou espere
Que fique ou permaneça

E se o meu hoje, não for hoje!!!
Mas, e se antes desse tempo passar,
consiga uma carona nele
Será que ainda dará tempo, para dizer-te...

"Meurepentistaatipertence"


Marcos Milhazes***

:: Postado por Poesia às 20h04
::
:: Enviar esta mensagem

MIRIAM TORRES

QUERO VOCÊ...
           Míriam Torres.
 
 
Quero você
Já não tenho garantia
Aceite minha simpatia
Garanto te fazer feliz
Meu amor não tem economia
 
Quero você
Mas não sou perfeita
Quero estar ao seu lado
E ter minha história refeita
 
Quero você
Mas eu posso errar
Apenas de acertos
Talvez não possa andar
 
Quero você
Mas perdi o juízo
Desde aquela tarde
Que visitamos o paraíso
 
Quero você
Sonhos
Desejos e vontades
Vem...
Vamos viver tudo o que há pra viver
DE VERDADE...
 
14.Dezembro.2004
14h17

:: Postado por Poesia às 20h02
::
:: Enviar esta mensagem

MINHA MENSAGEM PRA VOCE - Anna Paes

Mensagem Prá Você!
Anna Paes
 
 
Eu não sei quanto tempo demorei para chegar aqui
Mas recordo o caminho percorrido.
Algumas alegrias, algumas  flores, alguns espinhos
Sempre percorrendo a trilha, tentando chegar
Hoje estou satisfeita.
Eu tenho vocês e vocês tem a mim.
(Ou seria a eu??)
Não importa muito, o importante é que nesta caminhada
 que fiz encontrei grandes pessoas e uma delas é você.
Neste meu caminhar procurei aprender, ensinar.
Muitos acreditaram e outros duvidaram
Mas eu segui.
E muitos desacreditaram da seriedade que eu trazia atrás deste riso que tenho.
Desta alegria incontida, mas que talvez muito solitária se não fosse você.
E assim, eu agradeço cada minuto, cada segundo que você esteve aí e me leu.
Eu agradeço o seu carinho, o seu elogio, a sua puxada de orelha.
Agradeço a mensagem que não enviou, mas que recebi com amor.
Com você eu sorri, chorei, amei e talvez tenha odiado.
Como todo ser humano no momento  de raiva.
Faz parte.
 
Você é muito importante para mim.
Faz parte de um mundo vivo...
Inerte! Esta certo que inerte, mas vivo e quente.
Cheio de emoções e cheio de afetos.
Um mundo onde aprendemos a respeitar, a amar e nos doar.
Um feliz natal a você.
Que em 2005 permaneçamos unidos pela força de nossa amizade!
Com carinho
Anna Paes

:: Postado por Poesia às 15h48
::
:: Enviar esta mensagem

RESPOSTA DE MARCIAL

Resposta pra você
Marcial Salaverry
 
Nosso caminho, sempre eivado de flores,
também tem seus espinhos que causam dores...
Tudo faz parte da vida,
por isso é tão boa de ser vivida...
temo-nos mutuamente,
e essa compreensão, felizmente,
é que nos ajuda a viver...
Muito te ensinei,
contigo aprendi muito do que sei,
pois o que dá felicidade,
é fazer as coisas com carinho e amizade...
Viver com alegria, com um lindo sorriso,
é melhor do que apenas com siso...
Ódio causa tristeza e muitas penas,
é melhor sentir amor e amizade apenas,
porque assim não há penas...
Muito do que foi dito,
talvez não tenha sido bem dito,
não sendo algo bendito...
Mas tudo ajuda a viver,
e nesta vida temos que aprender
a com tudo conviver.
Momentos tristes, apenas esquecer,
E os alegres, na lembrança sempre os ter...
Eis o verdadeiro sentido do amor,
e que para nossa vida traz mais valor...
É o amor uma eterna doação,
e o que nos faz bem ao coração...
amamos a quem nos ama, quem por nós tem carinho...
Temos que aprender a seguir por esse caminho...
Não podemos obrigar ninguém a nos amar...
Não podemos a ninguém modificar...
Se amamos, devemos aceitar,
e procurar fazer com que sejamos amados também...
Palavras lindas e mágicas...
a amizade será sempre o principal elo a unir as pessoas...
Vamos nela acreditar,
e com a força da amizade,
aprender a amar... a nos amar...
Com amorzade e carinho,
Marcial Salaverry
14/12/2004
10:50 hs.

:: Postado por Poesia às 15h46
::
:: Enviar esta mensagem

Resposta de Walter

Anna,
Fui buscar nos versos do poeta Vandré um comentário para sua linda mensagem: "Quem sabe faz a hora, não espera acontecer." Apesar do pouco tempo que a  conheço, deu para perceber o seu dinamismo, o seu otimismo, a sua capacidade de liderança, o eu espírito empreendedor, enfim, o grande ser humano que você é. Quem reúne tantas qualidades assim, está sempre no lugar mais alto do pódio, nasceu para ser vencedor. Obrigado e parabéns por tudo de mais belo com que você nos brindou neste ano que se finda, além da sua amizade, claro!
No limiar de um novo tempo devemos considerar que "...o alvorecer de um ano novo é como a poesia da existência humana, que se renova com força a cada etapa vencida. Sinta essa poesia, assim, haveremos de construir um futuro mais promissor e mais belo." Retribuo e agrdeço os seus votos de Feliz Natal, que a água pura da sinceridade e do amor possa  banhar os nossos corpos, as nossas almas e saciar a nossa sede, em cada um dos dias de 2005. Beijos...Walter...

:: Postado por Poesia às 15h42
::
:: Enviar esta mensagem

RESPOSTA DE ORINHO

Eu não sei quanto tempo demorei para chegar aqui

Creio que uma caminhada bem longa tenha sido!
Mas recordo o caminho percorrido.
Garanto que nem sempre fácil!
Algumas alegrias, algumas  flores, alguns espinhos
Sempre percorrendo a trilha, tentando chegar
Um pequeno pedaço deste caminho  eu conheço um pouco!
Hoje estou satisfeita.
Satisfeita com razão!
Eu tenho vocês e vocês tem a mim.
(Ou seria a eu??)
Mútuo com certeza amiga!
Não importa muito, o importante é que nesta caminhada
 que fiz encontrei grandes pessoas e uma delas é você.
Tu, é uma dessas pessoas que fazem a diferença!
Neste meu caminhar procurei aprender, ensinar.
Muitos acreditaram e outros duvidaram
Mas eu segui.
E com carinho te digo:Voltamos a nos reencontrar!
E muitos desacreditaram da seriedade que eu trazia atrás deste riso que tenho.
Isto jamais!
Desta alegria incontida, mas que talvez muito solitária se não fosse você.
Eu...outros, mas por culpa tua!
E assim, eu agradeço cada minuto, cada segundo que você esteve aí e me leu.
Sempre valeu!
Eu agradeço o seu carinho, o seu elogio, a sua puxada de orelha.
Houveram momentos!
Agradeço a mensagem que não enviou, mas que recebi com amor.
Esta não me coube!
Com você eu sorri, chorei, amei e talvez tenha odiado.
Acredito!
Como todo ser humano no momento  de raiva.
Faz parte.
Evidentemente!
Você é muito importante para mim.
Te digo o mesmo amiga!
Faz parte de um mundo vivo...
Inerte! Esta certo que inerte, mas vivo e quente.
Muito mais vivo do que muitas amizades não virtuais!
Cheio de emoções e cheio de afetos.
Acredite que assim sempre foi!
Um mundo onde aprendemos a respeitar, a amar e nos doar.
Exatamente porque é muito mais alma e coração, do que razão!
Um feliz natal a você.
Pra você também!
Que em 2005 permaneçamos unidos pela força de nossa amizade!
Amém!!!
Com carinho
Idem
Anna Paes
Orinho

:: Postado por Poesia às 15h41
::
:: Enviar esta mensagem

ABRAÇA-ME... - Edna Liany

ABRAÇA-ME...

Edna Liany Carreon

 

Abraça-me forte,

faça-me sentir as batidas de

teu coração em meu peito sofrido.

Faça-me sentir novamente a sede de viver

em teus braços, do teu calor, do teu amor...

Mostre-me novamente,  que me amas,

que me queres junto a ti...

Abraça-me fortemente, dando-me de volta a vida,

que levastes de mim quando partistes...

Agora que voltastes pra mim, faça-me sentir

amada, assim, como eu te amo...

Minha vida havia parado e agora renasceu!

E poderemos fazer deste abraço,

o recomeço, de um amor que nunca morreu!

Venha meu amor...

Abraça-me!

:: Postado por Poesia às 12h31
::
:: Enviar esta mensagem

Talvez = WALTER PIMENTEL

Talvez

 

Ah, esse amor que não acontece!

Fiz mandinga,  elevei preces...

Mas ainda não foi desta vez.

Apesar da sedução

Não ouvi sim, nem não

Persiste a indecisão

Talvez!

 

Walter Pereira Pimentel

:: Postado por Poesia às 12h30
::
:: Enviar esta mensagem

Tento... - ORINHO

Tento...
 
*Orinho*
 
Tento abraçar o tempo,
para sentir dentro de mim,
...como se o conseguisse parar;
no abstrato do que virá.
Nem me atrevo a pensar!
Estou assim como um lajedo estéril
sempre com os olhos marejados,
a espera de um vento
que me carregue em seus braços,
e me mostre que não é utopia,
achar que um dia
eu possa voltar a amar...

:: Postado por Poesia às 12h29
::
:: Enviar esta mensagem

MENSAGEM DE NATAL - Theca Angel

 

Meus Amigos
 
Desejo que Minha Mensagem de Natal
 seja uma Mensagem de Otimismo, Luz e Amor.
Este foi um ano particularmente difícil em
 tantos aspectos que
agradeço a Deus por ele estar terminando.
É evidente que isso também tem seu preço.
 As tristezas vão embora, mas também se
 vai mais um ano de nossas vidas.
Preço caro demais para a ausência da Felicidade.
Desejo que no coração de cada um de vocês,
 brilhe uma Luz que represente acima de tudo o AMOR!
Que essa Luz, dilua as névoas e sombras deste
 ano que passa e chega ao seu final.
Que essa Luz, harmônica e brilhante,
consiga chegar até os cantinhos mais
ocultos e elimine
os fantasmas que ainda jazem em nossas almas
Que escancaremos as portas e as janelas
para a vida, para que cada segundo seja
intensamente
vivido, sem medos de errar e de ser Feliz.
Que todas as vivências difíceis do passado,
nos ensinem a nada temer, nem mesmo um
ou outro sofrimento que por ventura nos atinja.
Sei que temos um verdadeiro arsenal de força,
fé, energia, para irmos sempre em frente, para
buscarmos a Felicidade que geralmente está
 tão perto de nós e que, em nossa correria,
a deixamos inerte, a perdemos de vista.
O meu saldo deste Ano que finda, é positivo
e é exatamente o que desejo de coração a todos.
Vamos saber tirar  lições dos tombos, escorregões,
arranhados e feridas que por ventura tenham existido
e levantando o queixo,
olhar em frente, em busca de um límpido horizonte.
Que saibamos incorporar as experiências que nos
valeram melhorias espirituais, morais, materiais...
mas que não nos tornemos escravos da ambição,
do medo, da corrupção.
Não nos esqueçamos nunca de que a fonte cristalina
que já saciou tantas sedes, está sempre ao nosso alcance,
basta esticarmos nossas mãos!
 
Muitos Beijos e que Deus abençoe à cada um ofertando-lhes, 
esse mundo de Paz , Luz e Amor que tanto desejamos.
Theca Angel

:: Postado por Poesia às 10h41
::
:: Enviar esta mensagem

Anna Paes e Marcos Milhazes

Eu Te Permito
Anna Paes

Eu te permito explorar meus sentidos.
Aguçar minha fragilidade desenfreada,
Deixar-me  sua.
Tentar-me até conseguir!
Eu te permito,
Explorar-me,
Deixar-me nua,
Saciar-me!
Eu te permito  todos meus beijos,
Todos meus carinhos.
Todo meu amor.
Eu te permito:
EU!
Anna Paes



Obsessão, com permissão
Marcos Milhazes

Ao acaso,
me ocorreu uma visão carregada de encanto.
Suas formas salientes
 me aprovaram, me conduziram

Sua imagem graciosa se fez morada em meus desejos.
Minha imaginação tornou-se impertinente.

Naquele momento,
minha idéia fixou-se.
Queria te assediar, te cercar,
Torná-la minha.
Sem temer a vexação e os olhos do mundo
Queria importunar tua beleza,
que por ali transitava,
silhueta de seda molhada de suor
transparência percebida
que linda
alheia
aos olhares sofridos e desejosos por você, continuavas a me espionar

Queria cercar-te.
Queria que me quisesse, me desejasse,
que permitisse,
ao meu gozo
 entregar-se destemida
Ficaria a sua volta, olhando suas curvas de voltas e formas perfeitas.
Andaria por elas, calmo e arrogante
Queria olhar
nesses seus olhos de arco-íris.
Queria observá-la, importuná-la, molestá-la.
Queria apenas,
 por insistência,
o que meu corpo pedia e seu corpo
deseja em forma de liberdade

cúmplices na hora do ato de possuir...

Marcos Milhazes***

:: Postado por Poesia às 10h32
::
:: Enviar esta mensagem

SUAVEMENTE - Anna Paes e Walter Pimentel

SUAVEMENTE

 Anna Paes e Walter P. Pimentel

 

Suavemente suas mãos acariciam

Minha nuca

Nua

Minhas mãos, extensões do meu ser

Buscam sempre no teu corpo, o conforto

O prazer

 

E meus lábios sedentos

Beijaram

Os seus

O roçar de lábios inflama os meus instintos

Estimula fantasias, desperta  desejos

Uma volúpia de amor, acende-se pelo beijo

 

Percorria caminhos,

Atalhos,

Saliências...

Para chegar ao teu corpo, aos teus carinhos

Para ter-te em meus braços

Nada consegue me deter, qualquer trilha é caminho

 

Sofregamente sufoquei

Um grito,

Gemi.

Aos teus gemidos, com um êxtase respondi

Entre gozos e delírios, o meu desejo saciei

No teu colo adormeci

 

Eu em você abraçada

Você em mim agarrado,

Nós,

Em um.

A cada abraço, senti que estavas para mim

Como a abelha para o mel

O perfume para a flor, as nuvens para o céu...

Vi em ti o meu começo, meio e fim!

   Anna Paes e Walter P. Pimentel

:: Postado por Poesia às 10h30
::
:: Enviar esta mensagem

A HISTORIA DO PESCADOR ARMEL-Marcial Salaverry

A HISTORIA DO PESCADOR ARMEL
Marcial Salaverry
 
Longe, longe daqui
Nas Costas da Bretanha
Vivia um pescador Armel
E sua esposa Penor...
Resolveram na França passear,
e em seu barco foram navegar...
Mares bravios enfrentaram,
ondas colossais seu barco viraram...
Pensavam que iriam morrer,
mas Deus não os deixou perecer,
e para terra firme os conduziu...
Sorte igual jamais se viu...
Numa terra desconhecida,
começaram nova vida,
vivendo com o que a Natureza lhes oferecia...
E assim passaram-se anos...
E, numa felicidade que jamais se via,
o pescador Armel
com sua esposa Penor,
aqui viveram seu amor,
e se esqueceram da distante Bretanha...
 
Marcial Salaverry
Santos - 08/12/2004

:: Postado por Poesia às 10h25
::
:: Enviar esta mensagem

Meu Humor

Links

:: E-book - RECORTES - Anna Paes
:: E-book - A MENINA DO RETRATO - Lidia Eugenia
:: Poesia & Art
:: ~~Anna Paes~~
:: Jane Botti
:: OUSE SER - E-book Anna Paes- Ed Especial
:: E-book PENSEI EM VOCE
:: E-book - MEUS MOMENTOS - Aurea Abensur
:: E- book - PALAVRAS PERDIDAS NO TEMPO - Julia Sousa
:: E-book SONHOS EM VERSOS - Anna Paes
:: E-book - ...DE TI
:: E-book - ROTA SINGULAR
:: E-book - TU E EU
:: E-book - SUSSURROS DE AMOR
:: E-book - TOQUES IMPERFEITOS
:: E-book - PORTO ALEGRE POETICA
:: E-boo mini - FELIZ NATAL - Theca Angel
:: E-book - SONHOS RENDADOS - Yara Nazaré
:: E-book - PEDAÇOS DE MIM - Yara Nazaré
:: E-book - ...SEM FIM - Miriam Torres
:: E-book - ALGUEM E NINGUEM - Diversos Autores
:: E-book - PERAMBULANDO - Anna Paes
:: E-book - CARNAVAL - Poesia E Art
:: E-book - TENHA PIEDADE
:: E-book - MARCAS DE MINHA ALMA - Aurea Abensur
:: E-book - ALEM DAS APARÊNCIAS - Lauro Kisielewicz
:: E-book - EXPRESSÕES - Audha Abuthay
:: E-book - POESIA...SONHOS...SAUDADES... - Tarcisio Costa
:: E-book - PASSADO...PRESENTE! - Walter P. Pimentel
:: E-book - VERSOS MESCLADOS - Eire
:: E-book - RETALHOS DE MINH'ALMA - Zelisa Camargo
:: E-book RASCUNHOS (de um percurso) Anna Paes
:: E-book - O DESPERTAR D' ALMA - Roseli Busmair
:: E-book - DESTINO PARAISO - Suzette Rizzo
:: E-book - MULHER - Sonia M. Grillo e amigos
:: E-book - Noites de Amor - ANNA PAES
:: E-book - TEMPLO DOS TEMPLOS - Melliss
:: E-book - FRAGANCIA DA ALMA - Jane Botti
:: E-book - CAMINHOS - Lukass
:: E-book - OS AMORES QUE TIVE - Tuc@
:: E-book - SIMPLESMENTE SONIA -B@by - Sonia M. Grillo
:: E-book - CELAS DA MENTE - Sonia Pallone
:: E-book - A ARVORE DA MINHA RUA - S.Campanha
:: E-book - NATUREZA INTIMA - Andrea Motta

Votação

Dê uma nota para meu blog

..:: INDIQUE ESSE BLOG ::..

07/01/2007 a 13/01/2007

26/03/2006 a 01/04/2006

05/03/2006 a 11/03/2006

13/11/2005 a 19/11/2005

26/06/2005 a 02/07/2005

17/04/2005 a 23/04/2005

10/04/2005 a 16/04/2005

03/04/2005 a 09/04/2005

27/03/2005 a 02/04/2005

13/03/2005 a 19/03/2005

13/02/2005 a 19/02/2005

30/01/2005 a 05/02/2005

23/01/2005 a 29/01/2005

16/01/2005 a 22/01/2005

09/01/2005 a 15/01/2005

02/01/2005 a 08/01/2005

19/12/2004 a 25/12/2004

12/12/2004 a 18/12/2004

05/12/2004 a 11/12/2004

28/11/2004 a 04/12/2004

Visitas

Por:

Com Carinho

..:: Anna Paes Design ::..
Todos os direitos reservados ©

..:: Anna Paes  ::..