Assinar meu Livro de Visitas Ler meu Livro de Visitas

FLORES RADIOATIVAS
 Audha Abuthay

Flores que ornam a vida, a morte;
Flores para ricos, pobres e os sem sorte.
Flores... Concitam-nos a percorrer caminhos ínvios
Caminhos palpitantes e emocionantes.
Flores de múltiplas manifestações
Múltiplas estações.
 
 Flores para impuros,obscuros e infiéis
Flores em muros de casas e em quartéis;
Flores até para os ateus, quanto mais
Para os que timidamente,
Acreditam em Deus.
 
Flores que nos agradam de ciência feminina.
Flores multicores da grande à pequenina.
Flores pueris, exemplos de moderação,
Flores de cativante emoção,
Flores com sua forma lapidar
Flores de quem sabe esperar
 
Flores que aplainam o rude coração
Com exemplos de moderação
Que guardam em seus semblantes
Reflexos de meus semelhantes
Que já partiram e estão tão distantes.
 
Flores  na imperturbabilidade de seu destino
Para que com  seus menores odores
Me transformam de novo em um menino.
Não me canso de vê-las e revê-las
Pois a cada instante torno-me o terno e eterno
Jardineiro das estrêlas

:: Postado por Poesia às 16h52
::
:: Enviar esta mensagem

 
Futuro
 
Entra no meu coração
e tira-me esta dor.
Embala-me e encanta-me com a tua voz
que vibra no meu ser.
Vem,
não tenhas medo,
não te recusarei.
Conta-me os teus receios e eu te ouvirei.
Fala-me dos teus sonhos e eu os abraçarei.
Não olhes para o passado porque esse já foi.
Vive o presente mesmo que descontente
e deixa o futuro para a gente.
 
Júlia Sousa

:: Postado por Poesia às 16h48
::
:: Enviar esta mensagem

Sedução
(Mellíss)
 
De repente, do lirismo dos meus versos,
desse universo onde a minha alma retira paisagens,
eu venho ...
E, diante dos seus olhos mágicos,
dentro dos seus abraços,
eu dispo as asas do anjo que me habita,
para desnudar a fêmea que me assalta,
movida a instintos que, sobre a minha pele,
deliram rimas ....
 
 
Mellíss
27/11/04 - 23:31h

:: Postado por Poesia às 16h46
::
:: Enviar esta mensagem

VOCÊ É MUITO MAIS!
   Para Anna Paes
   Lauro Kisielewicz
   28/Novembro/2004


Você é MAIS,
Você é algo assim
como o soar do clarim
despertando um infante
que dormitava em mim...
Graças a ti, despertei!
E me lancei, tateando
o oceano da net,
por onde deriva meu barco,
aportando em distantes portos
aparentemente sem rumo,
guiado pela Mão Divina,
que fez cruzar nossas rotas
e fazermos música sem notas,
apenas rimas... poucas rimas
de palavras que edificam,
que amenizam muitos ais
por isso VOCÊ É MAIS...
VOCÊ É MUITO MAIS!

:: Postado por Poesia às 16h41
::
:: Enviar esta mensagem

SÓ QUERIA TE VER
Míriam Torres

Tive que aprender a esperar sem ter certeza
Não estou bem, quase nada me interessa
Estou indo contra minha vontade,
Mas sou sincera e digo:
-Quero ter vontade própria!
A sorte nunca fez parte da minha vida
Nunca esteve comigo...
Ação e pensamento nunca andaram juntos...
Já tentei muitas coisas
Tudo que já fiz foi por amor a você
Se te enganei, foi por amor
Se menti, foi por amor

Aquele amor que cresce cada vez que não te vê
Aquele amor que te busca cada vez que não te encontra

Estou num caminho que não tem volta
Vamos tentar outro caminho
De mãos dadas é mais fácil...
Estou em perigo, pois não me entendo
Não consigo me ajudar
E nada faz sentido
Talvez seja questão de sorte
Amanhã posso abrir a porta e te encontrar

Estou sempre em busca,
Busco por você à todo segundo.
Enquanto cai a chuva é fácil disfarçar as lágrimas
Mas quando chega o sol,
Me desespero sem você...
Pois tudo é muito simples:
SÓ QUERIA TE VER!

15.agosto.2003
18:07h.

:: Postado por Poesia às 16h39
::
:: Enviar esta mensagem

ÉS TU!!!
 
*Orinho*
 
És tu,
Meu homem,
de olhos brilhantes,
maduro de atitudes,
infantil nos atos,
de acatar
os desacatos que a vida
numa peripécia burlesca
te ofereceu, mas que...
soube erguer a cabeça
e buscar o amor
e me encontrou,
te buscando
nas trilhas do destino
este mesmo destino
que no vazio nos deixou

:: Postado por Poesia às 16h37
::
:: Enviar esta mensagem

MENINO DE ROSTINHO TRISTE
zelisa camargo
-----
Menino de rostinho triste,
lágrimas que descem serenas,
pés descalços...
Olha o tempo como se perdido esta,
pensa a vida,
pensa a liberdade.
Onde está essa sonhada
liberdade, esse respeito pela tua
raça, pelo teu povo,
pela tua cor que difere,
mas a alma é da mesma cor.
Neguinho de alma branca
que sofre todas as humilhações,
descriminações num Pais que se diz
não preconceituoso, mas o pior de todos.
Pois no calado ele sofre  e pensa no dia
de amanha.
Negro sou, apanho no lombo a dor
que carrego da minha raça
que não é respeitada.
E pela estrada vou caminhando
até que um dia, quem sabe
aprendemos a conviver sem dor
entre outras raças que nos discrimina.
Neguinho, criança sofrida
que não sabe do amanha,
nesse Brasil tão estranho,
pois aqui não temos raça,
somos a união de todas.
Somos um povo de uma  mistura
que ninguém tem igual.
Trazemos o sangue negro forte
gritante nas veias.
Trazemos todas as raças
Brasileiros somos.
Negros somos e seremos sempre
Mas onde esta nossa Liberdade
de caminharmos com a cabeça
erguida e sermos respeitados.
Nesse teu dia Neguinho
só uma coisa lhe digo:
Não desista da luta não.
Vamos lutar pela nossa Liberdade.
Pelos nossos direitos,
Pela nossa dignidade,
Pela nossa cidadania.
Vamos Neguinho me dê tua mão
e vamos seguir a estrada
e esperar a Liberdade.

SALVE TODOS OS NEGROS DESSE
IMENSO BRASIL.
O MEU CARINHO E AMOR A TODOS.
zelisa camargo
20.11.04
08.24

:: Postado por Poesia às 16h36
::
:: Enviar esta mensagem

QUE DELÍCIA!
Diógenes Davanzo

Não posso te dizer o que será de nós.
Mas de uma coisa eu tenho certeza,
Tu és a flor mais linda que brota em meu jardim.

Ontem foi mais um daqueles dias memoráveis
em que passamos juntos.
Estou em transe e totalmente extasiado até agora.
Sinto-me rejuvenescido e muito amado.

Por tudo isso que recebo de ti,
Eu procuro sempre te retribuir em dobro.
Por isso quero sempre te fazer muito feliz.

A suavidade de teus gestos, a candura de sua alma,
e a paz de teu sorriso,
Me encanta e faz de mim uma feliz criatura.

A sinceridade com que se entrega a mim,
me deixa totalmente desnorteado,
E ao mesmo tempo completamente seguro
em todos os meus passos.

Meu rosto irradia a mais real felicidade,
Meu corpo exala um irresistível perfume encantador,
E te põe em total loucura.

Minh'alma transcende o infinito
e se acalma como se estivesse
no paraíso.

Quando minhas mãos acariciam teu corpo
é como se já conhecessem todos os
detalhes nele contido.

Meu sorriso se abre,
Minha voz adentra em teus sentidos e faz de ti
uma mulher por completo.

Quando fazemos amor a nossa entrega é total,
fazendo de nós a mais feliz das criaturas.

Que delícia é sentir o teu amor,
Que delícia é te fazer sempre feliz,
Que delícia é simplesmente
te amar.
27.11.04
14h19
São Paulo  -  SP

:: Postado por Poesia às 16h35
::
:: Enviar esta mensagem

Sou mar ...
®Kate Weiss


Sou mar
um mar de ternura por meus filhos
Sou mar
um mar de desejos por ti
Sou mar
um mar de hormônios que todos os meses
 fazem de mim um ser mutante
     Sou mar sim,
      às vezes revolto
         às vezes calmo ....
Um mar misterioso...
e ao mesmo tempo transparente e claro
como teu rio que desagua em mim...


***by kate weiss
Setembro/2004

:: Postado por Poesia às 16h33
::
:: Enviar esta mensagem

A arte de saber, ser...

Adaptação de Marcos Milhazes***
 
Um senhor idoso chegou a um consultório médico para tratamento em sua mão, por acidente.
Era um profundo corte.
E muito apressado pediu urgência no atendimento, pois tinha um compromisso.
O médico que o atendia perguntou de curiosidade.
Porque na sua idade tanta pressa?
Responde o simpático velhinho.
Todas as manhãs vou visitar minha esposa que
tem a enfermidade do mal de Alzheimer, já bem   avançado.
Completou. Dr. somos casados a 52 anos!!!
O médico muito preocupado com o atraso do atendimento disse:
Então hoje ela ficará muito preocupada com sua demora? 
Com a sabedoria dos antigos, disse:
Dr.,tem anos que ela não mais me reconhece.
O médico então questionou:
Porque tamanha pontualidade nos encontros diários se ela não mais sabe que você é...
 O velhinho,
então deu um sorriso e tocando de leve no ombro do médico respondeu:
Doutor, ela não sabe quem eu sou...
Mas eu sei muito bem quem ela é! 
O médico teve que segurar suas lágrimas enquanto refletia..
Bem amigos, penso:
O verdadeiro AMOR, não se resume ao material, sentimental e nem sexual... 
O tal do AMOR, é aceitação de tudo que o outro é...
De tudo que foi um dia...
Do que será amanhã...
Ou
Do que já mais existe...
Definitivamente, defino.
É a essência da vida...
 
"O amor sempre oferece tudo de sua regra, sempre se rega e nunca se nega"
 
Dai........saber ser
 
Marcos Milhazes***

:: Postado por Poesia às 16h32
::
:: Enviar esta mensagem

FÉ SEMPRE SERÁ FÉ
 Marcial Salaverry
 
Enquanto vida me restar,
 mil vidas hei de viver...
 e quando minha vida acabar,
 é porque Alguém ao seu lado quer me ter...
 Então, só então,
 concordarei com a parada de meu coração,
 com o fim de minha razão...
 Até lá, amigo e companheiro,
 quero ter o prazer verdadeiro
 de com todos conviver,
 e  sempre que puder... dar prazer...
 Seja por amizade simplesmente,
 seja por alguma paixão eventualmente,
 seja por meu amor permanente.
 Nunca a vida será perdida,
 uma vez que foi vivida...
 Prazeres vivestes,
 penas tivestes,
 e enquanto vivo estiveres,
 as continuará tendo
 e para eles vivendo...
 A vida só se esvai quando tudo cessa...
 E não por vontade nossa...
 e que cada qual escolha como viver possa...
 
Marcial Salaverry

Enviado por Nina

:: Postado por Poesia às 16h31
::
:: Enviar esta mensagem

FORÇAS OCULTAS
 
 
 
É aconselhável fazer o BEM!
Para fazer o bem não existe mistério,
basta deixar o coração desejar coisas boas
a si e aos outros.
Não requer estudo profundo,
não requer saber exatamente as palabras
que devem ser emanadas,
não exige conhecimento dos cálculo do
BhavaChakrah,
não precisa lançar mão
da Efeméride,
não precisa saber
nada sobre Ayanamsa,
basta única e exclusivamente,
AMAR!
 
Vejo com temeridade
pessoas mexendo com as forças ocultas
sem saber exatamente o que estão fazendo.
Uma temeridade!
Não para quem elas querem destruir,
não para mim,
não para as pessoas que vibram
numa sintonia acima das que estão mexendo,
mas uma temeridade
para estas pessoas mesmo!
Sei
que emanando o som
de uma pessoa
(cada um de nós tem uma seqüência de sons)
pode-se fazer com que ela desencarne,
mas quem tem conhecimento
ESOTÉRICO
 e não
exotérico
jamais vai querer o mal para outro ser,
seja ele quem for,
mesmo sabendo que esteja fazendo o mal.
Cuidado,
muito cuidado,
pois o mal
que não encontrar morada,
retorna!
 
Não devemos nos apegar a nada que seja terreno,
pois tudo que é terreno é passageiro
e só dura
o tempo que aqui estamos.
 
 
As Grandes Emanções
 da Maguen para todos, Amen!
 
Shalom!
 
RivkahCohen
(Enviado por Rose)

:: Postado por Poesia às 16h30
::
:: Enviar esta mensagem

AS FLORES...
  
As flores que plantei
na estação das chuvas
Regadas que foram com as águas
de meus olhos
Absorveram os sentimentos meus
E brotam entre espinhos flores lindas
Cuidado pra não se ferir ao toca-las!
  Santaroza-271104-by.
(Poema enviado por Rose ao Poesia e Art)

:: Postado por Poesia às 16h28
::
:: Enviar esta mensagem

Meu Humor

Links

:: E-book - RECORTES - Anna Paes
:: E-book - A MENINA DO RETRATO - Lidia Eugenia
:: Poesia & Art
:: ~~Anna Paes~~
:: Jane Botti
:: OUSE SER - E-book Anna Paes- Ed Especial
:: E-book PENSEI EM VOCE
:: E-book - MEUS MOMENTOS - Aurea Abensur
:: E- book - PALAVRAS PERDIDAS NO TEMPO - Julia Sousa
:: E-book SONHOS EM VERSOS - Anna Paes
:: E-book - ...DE TI
:: E-book - ROTA SINGULAR
:: E-book - TU E EU
:: E-book - SUSSURROS DE AMOR
:: E-book - TOQUES IMPERFEITOS
:: E-book - PORTO ALEGRE POETICA
:: E-boo mini - FELIZ NATAL - Theca Angel
:: E-book - SONHOS RENDADOS - Yara Nazaré
:: E-book - PEDAÇOS DE MIM - Yara Nazaré
:: E-book - ...SEM FIM - Miriam Torres
:: E-book - ALGUEM E NINGUEM - Diversos Autores
:: E-book - PERAMBULANDO - Anna Paes
:: E-book - CARNAVAL - Poesia E Art
:: E-book - TENHA PIEDADE
:: E-book - MARCAS DE MINHA ALMA - Aurea Abensur
:: E-book - ALEM DAS APARÊNCIAS - Lauro Kisielewicz
:: E-book - EXPRESSÕES - Audha Abuthay
:: E-book - POESIA...SONHOS...SAUDADES... - Tarcisio Costa
:: E-book - PASSADO...PRESENTE! - Walter P. Pimentel
:: E-book - VERSOS MESCLADOS - Eire
:: E-book - RETALHOS DE MINH'ALMA - Zelisa Camargo
:: E-book RASCUNHOS (de um percurso) Anna Paes
:: E-book - O DESPERTAR D' ALMA - Roseli Busmair
:: E-book - DESTINO PARAISO - Suzette Rizzo
:: E-book - MULHER - Sonia M. Grillo e amigos
:: E-book - Noites de Amor - ANNA PAES
:: E-book - TEMPLO DOS TEMPLOS - Melliss
:: E-book - FRAGANCIA DA ALMA - Jane Botti
:: E-book - CAMINHOS - Lukass
:: E-book - OS AMORES QUE TIVE - Tuc@
:: E-book - SIMPLESMENTE SONIA -B@by - Sonia M. Grillo
:: E-book - CELAS DA MENTE - Sonia Pallone
:: E-book - A ARVORE DA MINHA RUA - S.Campanha
:: E-book - NATUREZA INTIMA - Andrea Motta

Votação

Dê uma nota para meu blog

..:: INDIQUE ESSE BLOG ::..

07/01/2007 a 13/01/2007

26/03/2006 a 01/04/2006

05/03/2006 a 11/03/2006

13/11/2005 a 19/11/2005

26/06/2005 a 02/07/2005

17/04/2005 a 23/04/2005

10/04/2005 a 16/04/2005

03/04/2005 a 09/04/2005

27/03/2005 a 02/04/2005

13/03/2005 a 19/03/2005

13/02/2005 a 19/02/2005

30/01/2005 a 05/02/2005

23/01/2005 a 29/01/2005

16/01/2005 a 22/01/2005

09/01/2005 a 15/01/2005

02/01/2005 a 08/01/2005

19/12/2004 a 25/12/2004

12/12/2004 a 18/12/2004

05/12/2004 a 11/12/2004

28/11/2004 a 04/12/2004

Visitas

Por:

Com Carinho

..:: Anna Paes Design ::..
Todos os direitos reservados ©

..:: Anna Paes  ::..